Technische Universität München

The Entrepreneurial University

 
A hormona de crescimento (hGH) induz efeitos anabólicos directos, aumenta os níveis de insulina que exercem efeitos anti-proteolíticos, que causam possivelmente um aumento a curto prazo do desempenho físico. Contudo, a utilização a longo prazo de hGH é considerada como causadora de cardiomiopatia e um aumento da incidência de arritmias.
A eritropoietena (rHuEPO) é principalmente abusada por atletas de resistência, para aumentar a sua capacidade aeróbica. O tratamento com rHuEPO causa um aumento de dependência da dose nos parâmetros hematológicos. Aumenta a massa dos glóbulos vermelhos e eleva também os níveis de Hb e Hct quando é administrado repetidamente. Os elevados níveis de Hct podem causar um aumento da viscosidade do sangue, o que aumenta o risco de trombose e embolismos. Além disso, podem observar-se hipertensão arterial e ataques. Foi também registada uma diminuição significativa no ritmo cardíaco máximo.
drucken 

www.doping-prevention.com