Technische Universität München

The Entrepreneurial University

 
Os estimulantes são capazes de animar o humor e a reacção de alerta, eliminar ou diminuir o sentimento de fadiga e possivelmente aumentar o desempenho físico. Os estimulantes mais populares, utilizados para fins de doping são: Cocaína, anfetaminas, ecstasy e metilfenidato (Ritalin). A nicotina e cafeína também são utilizadas frequentemente como estimulantes. Os fortes efeitos adversos psicológicos da utilização excessiva de estimulantes são manifestados por paranóia, nervosismo, irritabilidade e agressividade. Pode desenvolver-se uma rápida dependência dos estimulantes.
drucken 

www.doping-prevention.com