Technische Universität München

The Entrepreneurial University

 
O álcool não tem nenhum efeito ergogénico. O consumo a longo termo de álcool pode levar a hipertensão arterial, arritmias cardíacas, doença cardíaca isquémica, cardiomiopatia dilatada, ataque cardíaco e morte cardíaca súbita. O consumo moderado de álcool é uma causa comum de hipertensão secundária, mais frequentemente sistólica que diastólica. A utilização de álcool causa aumento da actividade simpática cardíaca, que causa taquicardia e aumenta o risco de doença cardíaca isquémica e das aurículas, principalmente, arritmias. Contudo, os consumidores moderados podem ter níveis LDL baixos e de HDL altos, o que diminui a incidência de arteriosclerose coronária.
drucken 

www.doping-prevention.com